Mariana Velazquez - Capacitação de educadores - Impact Hub Floripa
Mariana Velazquez – Capacitação de educadores
24 janeiro 2019 - Impact Hub

Hoje a gente te apresenta a Mariana Velasquez, uma gaúcha que como quase todo mundo nessa vida se apaixonou por Floripa, arrumou as malas e se jogou pra cá. Ela adora entender e conhecer pessoas – não fosse isso seria qualquer outra coisa menos psicóloga e que acabou conhecendo o sócio Daniel num studio de Pilates, onde nasceu a Universo Mood.

A Mood é uma iniciativa que tem como foco a educação para a saúde, que possibilita que as pessoas desenvolvam suas competências atrás da conquista da saúde integral, do bem-estar, satisfação com a vida e responsabilidade social. Acessa o Instagram deles por aqui.

————————————————————————

ONDE TUDO COMEÇOU

Foram os 15 anos de férias na Ilha da Magia que fizeram com que essa aquariana de 29 anos apaixonada pela experiência da vida, por praia, natureza, plantas e animais resolvesse sair da sua zona de conforto em Porto Alegre pra se aventurar em Floripa há três anos.

A Mariana é daquelas pessoas que só de conversar já dá pra sentir a vibe do bem, de quem aprecia o pôr do sol, se emociona com o nascer da Lua, vibra com banho de cachoeira e consegue transformar esses momentos num grande evento – sempre com um bom chimarrão, é claro.

Desde essa mudança pra cá, ela diz que se considera muito mais feliz, conectada com o todo e com o seu propósito de vida – que segundo a própria, todo dia passa por um upgrade. O caminho pra chegar onde está não foi nada fácil, mas ela sabia que precisaria ‘tolerar as lagartas se quisesse conhecer as borboletas’, diz parafraseando o esperto e sempre certeiro Pequeno Príncipe.

Comunicativa, extrovertida e adorando estar rodeada de gente ou no meio de uma boa conversa, essa psicóloga resolveu se especializar em Sociopsicodrama para assim poder trabalhar com grupos por meio da ação. Na faculdade rolou uma identificação com Psicologia Educacional e os olhos brilharam com a ideia de fazer alguma diferença nas escolas.

Começou com estágios e quando se formou já estava contratada em duas instituições de Porto Alegre, as quais é eternamente grata por tantos aprendizados. O fato de ter uma mestra inspiradora que iluminou a sua jornada na Educação e serviu como um modelo de autenticidade e espontaneidade a fez acreditar ainda mais no sonho que hoje se faz real com a Mood… Como ela diz, ‘sair das caixinhas é sempre libertador!”

 

A VIRADA

Para realizar o sonho de morar em Floripa foi preciso deixar as escolas para trás, além de outros sonhos e alguns bons amigos, mas é como dizem: quando uma porta se fecha, uma janela se abre.

Nesse caso, um portal!

E foi aí que ela teve um insight: Por que não sair de dentro de 1 ou 2 escolas para então criar uma forma de entrar em tantas outras? Foi assim que surgiu a ideia de começar a ministrar palestras e capacitações, mas essa caminhada estava muito solitária e as portas estavam demorando um pouco mais do que ela imaginava para começarem a se abrir.

As coisas mudaram quando a Mari foi divulgar uma oficina experimental no bairro onde mora e colou um cartaz no studio onde fazia Pilates, na tentativa de montar um grupo com crianças.

Se a iniciativa deu resultado? Não!

Dali não surgiu uma única inscrição, mas sim o interesse do Daniel que fez contato com ela e logo mais acabou virando sócio.  Lembra do lance da janela que se abre?

 

O TRABALHO

Descrito pela Mari como um ‘entusiasmado sonhador assim como eu e louco pra fazer a diferença nesse mundão por meio da educação, ambos uniram forças, a Psicologia com Educação Física, o mental e o físico e dessa fusão de ideias surgiu o #universomood.

A dupla adora se reinventar e estão sempre dispostos a aprender com as provocações e oportunidades que a vida apresenta – até porque se não for pra ser assim, cadê a graça nos desafios que a gente enfrenta diariamente, né?

O trabalho dos dois está dando tão certo que a Mood está passando por um redesign estratégico de marca e o codinome ‘Educação para a saúde’ passará a ser ‘Desenvolvimento Humano’. A ideia é justamente poder ampliar o trabalho que vai além da capacitação de educadores e professores e assim poder atuar também com os alunos, pais e até atletas, como já foi o caso.

Com tudo isso acontecendo, o que eles querem mais?

“Espalhar educação para a saúde.  Queremos ensinar sobre positividade, bons relacionamentos, senso de propósito, virtudes humanas, autocuidado, mentalidade de crescimento, consciência individual e coletiva’, afirma a Mariana com aquela paixão de quem sabe que está fazendo o que gosta e vai longe.

Juntos, ela e o Dani acreditam que isso o que fazem pode fazer do mundo um lugar melhor e nós também acreditamos nisso, viu?

Confere esse vídeo que fizemos com a Mari pra entender na fala dela o que faz, como muda o mundo e como o Impact Hub colabora com isso tudo: